Claire Millaud é a protagonista de Quem Você Pensa Que Sou, uma professora universitária de literatura divorciada e mãe de dois filhos. Diagnosticada com depressão, Claire se consulta com regularidade com um psiquiatra a quem relata seus problemas com a autoestima e sua crise da maturidade. Ela então cria um perfil falso no Facebook, passando a se relacionar virtualmente com um jovem fotógrafo. Claire mente sua idade, história e sua aparência física para o rapaz e o que acaba como uma “travessura” no “mundo virtual” acaba assumindo contornos sérios e a professora se envolve afetivamente com o novo affair.

O mais recente filme de Saffy Nebbou tem início como um filme que parece propor uma discussão sobre o lugar da construção de identidades e das relações virtuais na percepção de sie até certo ponto a trama levanta considerações importantes e bem traçadas a respeito da temática. É interessante perceber isso através de mais uma interpretação magnética e nuançada de Juliette Binoche, que oferece camadas complexas a essa mulher nas diversas facetas que assume ao longo do filme, no divã, como mãe, professora e na persona de Clara, personagem que ela cria no Facebook e que gradualmente exerce fascínio em Alex.

O filme de Nebbou tem grande interesse nessas múltiplas identidades que Claire assume como forma de sobreviver, trafegando entre a realidade e a ficção, onde por vezes a protagoniza parece realizar-se em instâncias onde não consegue se resolver. Com o passar da projeção, especialmente quando Claire recebe uma impactante informação a respeito do seu affair Alex, Quem Você Pensa Que Sou pode parecer um emaranhado de tramas sobrepostas, entregando-se a um enredo escancaradamente novelesco. No entanto, com a rarefação da trama, as escolhas da história parecem fazer sentido, especialmente quando pensamos que todas estão à serviço de um empenhado estudo de personagem que se beneficia da performance de Binoche.

Direção: Safy Nebbou
Elenco: Juliette Binoche, Nicole Garcia, François Civil, Guillaume Gouix, Frances Leplay, Charles Berling, Jules Houplain, Jules Gauzelin

Assista ao trailer!

AVALIAÇÃO
4.0Deixe a sua também!
Votação do leitor 0 Votos

Pin It on Pinterest