Spotlight – Segredos Revelados ganha o prêmio de melhor elenco no SAG Awards 2016

spolight_cast_press_room

A noite do sábado (30) foi marcada pela entrega do SAG Awards, prêmio do sindicato dos atores de Hollywood, a profissionais da indústria do cinema e da televisão. Como é regra no SAG Awards, há apenas prêmios concedidos a atuações e há uma “substituição” da categoria de melhor filme pela de melhor elenco.

Assim, o grande premiado da noite foi Spotlight – Segredos Revelados, que venceu seus concorrentes A Grande ApostaTrumbo – Lista NegraBeasts of no NationStraight Outta Compton – A História do N.W.A. como melhor elenco de cinema. Trata-se de uma vitória importante se pensarmos no Oscar, já que a maioria dos votantes da Academia são atores, o mesmo grupo de votantes do SAG Awards.

A grande  questão que surge esse ano, no entanto, é que diferente de anos anteriores, temos uma disputa pelo prêmio de melhor filme no Oscar com inúmeras possibilidades. Premiações como o Globo de Ouro (que deu o prêmio de melhor drama para O Regresso), o Critic’s Choice Awards (cujo prêmio de melhor filme foi para Spotlight – Segredos Revelados) e os prêmios dos sindicatos não têm apontado uma disputa polarizada entre dois longas ou mesmo uma preferência por um único filme, mas por no mínimo quatro obras indicadas ao Oscar, todas elas com grandes chances de disputar a estatueta principal: Spotlight – Segredos ReveladosA Grande ApostaMad Max – Estrada da Fúria O Regresso.

Prova disso são as escolhas recentes dos sindicatos, enquanto os produtores escolheram A Grande Aposta como o melhor trabalho de 2015, o sindicato dos editores elegeu nessa mesma semana Mad Max – Estrada da Fúria e o mesmo A Grande Aposta como os melhores trabalhos de montagem do ano, já o SAG Awards, prêmio do sindicato dos atores, foi de Spotlight – Segredos Revelados como melhor elenco. Ainda há dois sindicatos importantes para fechar as contas até o Oscar, o dos roteiristas e dos diretores, mas é inegável que estamos diante de uma das disputas mais imprevisíveis em muitos anos.

 

507666942

Retornando ao resultado do SAG Awards…

Nas categorias principais de atuação, melhor ator e atriz, o sindicato dos atores concedeu seus prêmios para dois nomes cujas vitórias têm sido constantes desde o início da temporada: Leonardo DiCaprio por O Regresso e Brie Larson por O Quarto de Jack. Parece difícil qualquer um de seus concorrentes tomar a estatueta do Oscar desses dois.

alicia-vikander

Na categoria melhor atriz coadjuvante, a vitória de Alicia Vikander por seu trabalho em A Garota Dinamarquesa consolida seu nome como favorito ao Oscar após uma disputa dispersa no grupo iniciada pelas divergências quanto a categorização do seu trabalho e do de Rooney Mara em Carol como coadjuvantes (muita gente as considera protagonistas dos seus respectivos filmes, tanto que o Globo de Ouro as indicou na categoria principal). Não que não ocorra o “risco” de Rooney Mara, Kate Winslet, Jennifer Jason Leigh e até mesmo Rachel McAdams surpreenderem no Oscar, mas Vikander tem se tornado uma aposta sólida.

1180917_1280x720

Como melhor ator coadjuvante, o SAG Awards escolheu Idris Elba e seu trabalho em Beasts of No Nation, longa da Netflix dirigido por Cary Fukunaga. Idris foi o grande destaque da noite, por sinal, já que também levou o prêmio de melhor ator em minissérie ou filme feito para a TV por sua performance em Luther. Em um ano marcado pela polêmica ausência de atores negros no Oscar, o recado foi muito bem dado pelo SAG Awards, que também premiou Viola Davis e Queen Latifah nas categorias de TV

A vitória de Elba como melhor ator coadjuvante em cinema significa muito pouco para o Oscar já que o ator não foi indicado ao prêmio da Academia e a grande sensação do ano no grupo, Sylvester Stallone de Creed – Nascido para Lutar, sequer foi nomeada ao SAG Awards. Contudo, podemos entender que a derrota no SAG dos concorrentes de Stallone no Oscar como Christian Bale de A Grande Aposta e Mark Rylance de Ponte dos Espiões aumentam as chances do intérprete de Rocky Balboa levar a melhor entre os votantes da Academia.

Agora, vamos aos prêmios da TV no SAG Awards. Na televisão, a distribuição das estatuetas ficou assim:

Melhor Elenco de série dramática: Downton Abbey

Melhor Ator em série dramática: Kevin Spacey em House of Cards

Melhor Atriz em série dramática: Viola Davis em How to get away with Murder

Melhor Ator em minissérie ou filme feito para a TV: Idris Elba em Luther

Melhor Atriz em minissérie ou filme feito para a TV: Queen Latifah em Bessie

Melhor Elenco em série de comédia: Orange is the New Black

Melhor Atriz em série de comédia: Uzo Aduba em Orange is the New Black

Melhor Ator em série de comédia: Jeffrey Tambor em Transparent

 

Wanderley Teixeira418 Posts

Pesquisador, jornalista e crítico de cinema, fã do Paul Thomas Anderson e também da Nicole Kidman, leitor esporádico de HQs de super-heróis e consumidor voraz de qualquer tipo de besteira colecionável.

0 Comentários

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register