Guia Oscar 2014: Atores

427111

Matthew McConaughey – “Clube de Compras Dallas

O ator Matthew McConaughey ficou bastante conhecido por seus papéis em comédias românticas como “Como Perder Um Homem em 10 Dias”, onde contracenou com Kate Hudson (“O Noivo da Minha Melhor Amiga”) pela primeira vez. A parceria se repetiu, porém sem tanto sucesso, no filme “Um Amor de Tesouro”. Depois ele resolveu focar seus esforços em longas de ação como “Killer Joe – Matador de Aluguel” e “O Poder e a Lei”. Em “Clube de Compras Dallas”, ele vive o protagonista que descobre que está com AIDS em um período que tanto o tratamento quando a informação das pessoas eram bem precários. Sua dedicação ao personagem é impressionante e as cenas em que ele aparece chocam pela magreza literalmente doentia em que ele se encontra. Forte candidato a levar o prêmio, mas perde um pouco de brilho pela fantástica performance do coadjuvante Jared Leto. Vale ressaltar que ele também participa de “O Lobo de Wall Street” junto com Leonardo DiCaprio (“A Origem”), onde vive o homem que serve de exemplo para o personagem de Leo.

NEBRASKA

Bruce Dern – “Nebraska

Bruce Dern já foi indicado ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante por sua atuação no filme “Amor Regresso”. Ele também é conhecido por trabalhar em clássicos como “O Grande Gatby“, de 1974, e “Trama Macabra”, do diretor Alfred Hitchcock. Mais recentemente ele participou brevemente de “Django Livre” e “Monster – Desejo Assassino”, ao lado de Charlize Theron (“Jovens Adultos”). Em “Nebraska”, ele protagoniza o bom velhinho que acreditou ter ganhado US$ 1 milhão, ao receber uma carta de propaganda pelo correio. Ele então parte em uma empreitada para conseguir retirar o dinheiro e desperta a curiosidade e cobiça por onde passa. Dern chama atenção por sua atuação e carrega o filme com força, agradando e cativando o telespectador. Ele consegue ser ao mesmo tempo duro e delicado. Apesar da boa performance, este ano é o que podemos chamar de “difícil” no mundo do Oscar, já que todos os indicados são fortes. Lembrando que ele é pai de Laura Dern (“Jurassic Park”), que pode ser vista na aguardada adaptação “A Culpa É Das Estrelas”.

??????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????

Chiwetel Ejiofor – “12 Anos de Escravidão

O ator britânico é o protagonista de um dos filmes que mais recebe atenção nas últimas semanas. Ejiofor interpreta Solomon Nothup, um negro livre do norte dos Estados Unidos, que é sequestrado e obrigado a servir como escravo em fazendas do sul. Ajudado pela excelente direção de Steve McQueen (“Hunger”), ele consegue trazer sofrimento e intensidade aos momentos, mas não surpreende em sua atuação. Na verdade, ele tem o holofote roubado por Michael Fassbender (“Shame”) e a novata Lupita Nyong’o, que simplesmente arrasam, deixando a performance de Ejiofor bem a desejar. Você pode ver ele também no filme “Salt”, com Angelina Jolie (“Malévola”) e “2012”, aquele do fim do mundo. Se ele ganhar esse Oscar, será mais pelo conjunto da obra que participa, do que por sua atuação em si.

???????????????????????

Leonardo DiCaprio – “O Lobo de Wall Street

Não sei ao certo como começar a falar de Leonardo DiCaprio. Despontou no sucesso em “Titanic” e logo embarcou parcerias de peso como “Prenda-me Se For Capaz”, de Steven Spielberg, e “A Praia”, de Danny Boyle. Logo ele se tornou o queridinho de Martin Scorsese e já fez cinco filmes do diretor. Além desses, Christopher Nolan, Quentin Tarantino e Ridley Scott são alguns dos grandes cineastas que tiveram o prazer de trabalhar com DiCaprio. Digo prazer de trabalhar com ele, porque o menino magro que interpretava Jack na tragédia do naufrágio, agora sustenta o porte de um homem que virou sinônimo de filme bom. Bastou ele estar no elenco, o longa já tem meio caminho andado para o sucesso. Não por isso, ele é a alma e a essência de “O Lobo de Wall Street”, apresentando o papel mais espetacular de sua carreira. Ele se supera em todos os momentos e surpreende pela facilidade com que atua. Não minto ao dizer que ele brilha do primeiro minuto ao último do filme e carrega a trama nas costas. Se a Academia tem rixa com ele? Não podemos afirmar ao certo. Esta é a quarta indicação na categoria e, até o momento, nenhuma estatueta. Mas se rede social e internet servem de termômetro, Leo ganha essa de lavada.

266504.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Christian Bale – “Trapaça

Christian Bale é outro ator que vem se especializando cada vez mais e tornando-se sinônimo de filme bom. Ele é mais conhecido por seu papel na trilogia “Batman”, mas também teve importantes papéis em “Inimigos Públicos”, com Johnny Depp, e “O Vencedor”, pelo qual, diferente de DiCaprio, foi agraciado com o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante. Em “Trapaça”, ele se destaca a todo instante pela dedicação ao personagem. Ele brilha em todos os momentos e consegue tornar um filme relativamente normal, em algo muito melhor. Só o fato dele engordar 20 quilos por conta própria, só porque acha que iria combinar com o seu papel, mostra o quanto ele entra na alma e aposta tudo nas performances. Ainda assim, é o que podemos chamar novamente de “ano difícil”. Talvez em outra edição, ele ganhasse. Mas Leonardo DiCaprio não deixou brecha para concorrentes.

 

0 Comentários

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register