Festival de Cannes 2014 anuncia a sua programação

Cartaz da edição de 2014 do festival com o ator Marcello Mastroianni em “Oito e Meio”, de Federico Fellini. Arte de Hervé Chigioni e Gilles Frappier.

 

Os organizadores da 67ª edição do Festival de Cannes divulgaram nessa quinta-feira (17) a seleção oficial de filmes que serão exibidos no evento. Com júri presidido pela cineasta neozelandesa Jane Campion (O Piano) ainda a ser anunciado, o festival acontecerá entre os dias 14 e 25 de maio na Riviera Francesa. Ao todo, serão dezoito longas disputando a cobiçada Palma de Ouro, que no ano anterior foi para o drama francês Azul é a Cor mais Quente, de Abdellatif Kechiche.

Veja abaixo as produções de maior destaque  nessa edição do festival, além da lista completa de filmes que estarão na disputa e fora da disputa em Cannes 2014:

Nicole Kidman encarna a princesa e musa de Hitchcock, Grace Kelly, em Grace de Mônaco: Longa terá a difícil tarefa de abrir as atividades do festival após enfrentar conflitos entre seus realizadores a respeito da montagem e ser criticado pelos herdeiros de Kelly.

 

Filme de abertura
Grace de Mônaco (Olivier Dahan)

Cannes foi o festival escolhido por Olivier Dahan (Piaf – Um Hino ao Amor) para exibir em primeira mão o aguardado Grace de Monaco, longa que contará um pequeno trecho da vida de Grace Kelly, princesa de Mônaco que abandonou Hollywood para se casar com o Príncipe Rainier III. O filme trará a passagem em que, já madura e alguns anos longe das telas, Kelly começa a ser cortejada pelo seu maior colaborador, o cineasta Alfred Hitchcock (com quem havia feito Disque M para Matar, Janela Indiscreta e Ladrão de Casaca), a retornar ao cinema com seu próximo filme, Marnie – Confissões de uma Ladra. Em meio a esse impasse, Kelly é pressionada pelo marido, que a quer do seu lado somente na função de esposa, e pela crise política vivida entre Mônaco e o governo francês.

Adiado em 2013 por impasses entre Dahan e o produtor norte-americano Harvey Weinstein a respeito da montagem do longa, Grace de Mônaco traz Nicole Kidman (Segredos de Sangue) no papel de Grace Kelly. O longa também tem enfrentado críticas da família de Grace que afirmou não aprovar a perspectiva que o filme pretende lançar sobre o casamento de Kelly e Rainier. Grace de Mônaco mostrará uma Kelly sufocada por um casamento que, apesar de ter seus momentos felizes, a privava de muitas coisas, entre elas atuar. O filme já tem distribuição garantida no Brasil, mas a sua data de estreia ainda é incerta por aqui.

John Cusack, um dos protagonistas de Maps to the Stars, de David Cronenberg, um dos destaques dessa edição do festival: Longa enfrenta obstáculos para conseguir distribuidor devido a suas fortes cenas de violência e sexo.

 

Entre os longas em competição, o grande destaque é Maps to the Stars, novo filme de David Cronenberg, que trará o olhar agudo do diretor sobre Hollywood e a cultura das celebridades  com um elenco encabeçado por Julianne Moore, John Cusack, Robert Pattinson e Mia Wasikowska . O filme acompanha a vida de dois jovens irmãos que têm suas vidas destruídas pela agressiva indústria cinematográfica norte-americana, mais especificamente, pela forma com que seus pais conduzem suas carreiras.

Além de Cronenberg, outros veteranos como Jean-Luc Godard (com o pequeno Adieu au langage), Atom Egoyan (com The Captive, que tem Ryan Reynolds e Rosario Dawson no elenco), Olivier Assayas (com Clouds of Sils Maria, com Juliette Binoche, Kristen Stewart e Chloe Grace Moretz), Ken Loach (com Jimmy’s Hall), Mike Leigh (com Mr. Turner) e os irmãos Jean-Pierre e Luc Dardene (com Deux jours, une nuit, com Marion Cotillard no elenco) estão garantidos na programação.

Outros destaques da seleção incluem o novo filme de Michel Hazanavicius, que fez sucesso em 2011 no Festival de Cannes e ganhou o Oscar de melhor diretor por O Artista. Dessa vez, ele estará no festival com The Search, longa protagonizado por sua musa de O Artista e esposa Bérénice Bejo e Annette Bening. O longa conta a história de uma mulher que trabalha em uma ONG e acaba desenvolvendo uma relação especial com um garoto da Chechênia. Quem também retorna ao festival é Tommy Lee Jones, que ganhou o prêmio de melhor ator em Cannes por Três Enterros em 2003, sua estreia na direção de longas-metragens. Jones apresentará The Homesmanwestern que dirige e protagoniza ao lado de Hilary Swank e que também traz Meryl Streep no elenco.

Cannes também receberá o diretor Bennett Miller e seu Foxcatcher, protagonizado por Channing Tatum, Steve Carell e Mark Ruffalo. Baseado em fatos reais, o filme traz a história de um vencedor olímpico de luta greco-romana e do assassinato de seu irmão por um homem diagnosticado com esquizofrenia.

Entre os estreantes na direção, Ryan Gosling, que já esteve no festival como ator apresentando os longas  Drive e Namorados para Sempre, trará Lost River, fantasia de terror na qual dirigiu Christina Hendricks, Saoirse Ronan e Eva Mendes. O filme será exibido fora de competição no evento. Também fora de competição oficial, esse ano, o Brasil estará representado através da parceria entre o cineasta alemão Wim Wenders e o brasileiro Juliano Ribeiro Salgado, com o documentário The Salt of the Earth, que homenageará o trabalho do seu pai, o fotógrafo Sebastião Salgado.

Como o festival é uma oportunidade para boa parte dessas produções fecharem acordos de distribuição com distribuidoras internacionais, a maioria delas ainda não tem estreia definida no Brasil, mas Cannes é sempre um bom prognóstico do que pode ser destaque no segundo semestre do circuito comercial e de arte internacional. Então é sempre interessante ficar antenado na repercussão desses longas no evento!

Confira a lista completa de filme selecionados para o festival abaixo:

Em Competição
Adieu au langage (Jean-Luc Godard)
The Captive (Atom Egoyan)
Clouds of Sils Maria (Olivier Assayas)
Foxcatcher (Bennett Miller)
The Homesman (Tommy Lee Jones)
Jimmy’s Hall (Ken Loach)
La Meraviglie (Alice Rohrwacher)
Leviathan (Andrei Zvyagintsev)
Maps to the Stars (David Cronenberg)
Mommy (Xavier Dolan)
Mr. Turner (Mike Leigh)
Saint Laurent (Bertrand Bonello)
The Search (Michel Hazanavicius)
Still the Water (Naomi Kawase)
Timbuktu (Abderrahmane Sissako)
Deux jours, une nuit (Jean-Pierre and Luc Dardenne)
Wild Tales (Damian Szifron)
Winter Sleep (Nuri Bilge Ceylan)

Exibições especiais (fora de competição)
Coming Home (Zhang Yimou)
Como treinar o seu Dragão 2
Les Gens du Monde (Yves Jeuland)

Seleção UN CERTAIN REGARD (fora da competição oficial)
Amour fou (Jessica Hausner)
Bird People (Pascale Ferran)
The Blue Room (Mathieu Amalric)
Charlie’s Country (Rolf de Heer)
Dohee-ya (July Jung)
Eleanor Rigby (Ned Benson)
Fantasia (Wang Chao)
Harcheck mi headro (Keren Yedaya)
Hermosa juventud (Jaime Rosales)
Incompresa (Asia Argento)
Jauja (Lisandro Alonso)
Lost River (Ryan Gosling)
Party Girl (Marie Amachoukeli, Claire Burger and Samuel Theis) (OPENER)
Run (Philippe Lacote)
The Salt of the Earth (Wim Wenders and Juliano Ribeiro Salgado)
Snow in Paradise (Andrew Hulme)
Titli (Kanu Behl)
Tourist (Ruben Ostlund)

Sessões de meia noite (fora de competição)
The Rover (David Michod)
The Salvation (Kristian Levring)
The Target (Yoon Hong-seung)

Sessões especiais (fora de competição)
The Bridges of Sarajevo (vários diretores)
Eau argentee (Mohammed Ossama)
Maidan (Sergei Loznitsa)
Red Army (Polsky Gabe)
Caricaturistes – Fantassins de la democratie (Stephanie Valloatto)

 

Wanderley Teixeira418 Posts

Pesquisador, jornalista e crítico de cinema, fã do Paul Thomas Anderson e também da Nicole Kidman, leitor esporádico de HQs de super-heróis e consumidor voraz de qualquer tipo de besteira colecionável.

0 Comentários

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register