Crítica: Pequena Grande Vida

O longa Pequena Grande Vida traz uma proposta de reflexão sobre as necessidades do ser humano e as mudanças que podem e devem ser feitas em prol de uma convivência mais harmoniosa com o meio ambiente e as pessoas ao nosso redor. No entanto, o resultado final não é lá essas coisas e deixa muito a desejar.

Cientistas descobrem a possibilidade de reduzir o tamanho dos humanos, sem prejudicar sua saúde ou trazer efeitos colaterais. Com isso, vários problemas como a emissão de gases no ambiente, produção de lixo e dinheiro são solucionados, já que as dimensões dão conta de tudo isso. Passam alguns anos e nosso protagonista opta pela redução, para resolver sua vida sempre meeira e sem graça, onde ele batalha para sobreviver entre dívidas.

A ideia leva um pouco de inspiração no filme A Vida Secreta de Walter Mitty, pelo menos ao meu ver. Existe uma busca pelo conhecimento interno, mudanças de personalidade, auto-aceitação. Tudo isso em uma viagem transformadora do protagonista, que foi largado pela mulher que desistiu da diminuição de tamanho depois que ele já tinha passado pelo processo irreversível.

A proposta é boa, porém não é executada da melhor forma. Existem muitos pontos que não são explanados direito e o protagonista é pouco carismático, dando ao espectador um pouco de dificuldade em criar empatia. Apesar de um elenco interessante, composto por atores como Matt Damon, Christoph Waltz e Kristen Wiig, temos a sensação de que eles são subaproveitados e sofrem com um roteiro fraco.

Para compensar esta falha narrativa, o roteiro fica muito emotivo e forçado em diversos momentos, fugindo à proposta original apresentada no trailer e na primeira parte do filme. Se essa mudança fosse feita para algo maior e melhor, seria excelente. Mas não é, efetivamente, o que acontece. Vemos personagens perdidos, histórias sem nexo e uma temática bem pouco atrativa. Fica tudo meio decepcionante. Uma pena!

Assista ao trailer!

 

Marcela Gelinski478 Posts

Jornalista, cinéfila, amante de vampiros, apaixonada por pipoca, fã de livros, viciada em Friends e crente em conto de fadas.

0 Comentários

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register