Crítica: Como Ser Solteira

167017

Com um roteiro não tão inovador assim, Como Ser Solteira traz uma abordagem interessante para a questão da solteirice feminina e um final que agrada ao espectador por ser justamente o que se espera deste tipo de filme.

O enredo fala de uma jovem que namora há anos com um rapaz, mas resolve dar um tempo no relacionamento para poder se conhecer. Ela acredita que a solteirice vai ajudar ela nesta empreitada. Ela muda de casa, de emprego e vai descobrindo e se permitindo coisas que antes não vivenciava. Claro que isso traz muitas implicações para a protagonista.

Com Dakota Johnson no papel principal, a Anastacia de Cinquenta Tons de Cinza, o filme flui com certa naturalidade. Ela está bem melhor do que no papel que a revelou como atriz, sendo mais sincera na performance e visivelmente mais à vontade. Como parceira e melhor amiga, temos Rebel Wilson, que faz um ótimo papel, porém mais do mesmo. Ela segue naquela personagem gordinha com muita confiança e sensualidade. Neste filme em particular, faz o maior sentido. Mas ainda assim, é frustrante ver uma boa atriz se permitindo tão pouco.

maxresdefault

A medida que a protagonista vai adentrando no mundo de solteiras, uma coisa me preocupou de início. A possibilidade de ter um roteiro machista. E a verdade é que ele é em alguns momentos. Meu maior receio era que eles colocassem a mulher solteira como um problema que precisa ser resolvido por um homem. Felizmente, isso não se efetiva no final. A personagem dá a volta por cima e contorna tudo da melhor forma possível. E sim, foi justamente isso que me agradou. Ao final, ela não é uma donzela em perigo que precisa ser salva. Ela é apenas uma mulher solteira. E ponto, nada mais.

Claro que com um filme de comédia romântica, tem muito clichês. Mas honestamente, isso não invalida nada. Não acredito que alguém vá para o cinema assistir esse filme esperando um roteiro do Oscar. Ele é feito para entreter, dar risada. E ele cumpre fielmente seu objetivo.

A interação do elenco é muito boa e casa excelente. Os personagens são bem feitos e não destoam uns dos outros. Existe um equilíbrio nesse filme, o que faz dele bom em sua categoria. Vale a pena conferir para depois de um dia estressante de trabalho.

 

0 Comentários

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register